Coronavírus: brasileiros deixam quarentena na Base Aérea de Anápolis

-

O grupo de 58 repatriados da China que estava em quarentena na Base Aérea de Anápolis foi liberado neste domingo, 23, quatro dias antes do previsto. Entre eles, está o venâncio-airense Mauro Hart, 59 anos. Em entrevista à Folha do Mate no fim da tarde deste domingo, 23, ele informou que está em Brasília e que nesta segunda-feira, 24, embarcará para Natal, capital do Rio Grande do Norte, onde reside com a família. “Estou feliz por estar no caminho de casa”, destaca Hart. Ele ainda observa que tem a expectativa de visitar Venâncio Aires no mês de maço.

Antes de embarcarem em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB), em Anápolis, para as suas cidades, os repatriados participaram de um café da manhã de despedida e de uma cerimônia, com a presença do ministro da Defesa, Fernando Azevedo; do governador do Estado de Goiás, Ronaldo Caiado; e do prefeito de Anápolis, Roberto Naves.

Em fala a integrantes da operação de resgate dos brasileiros, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, disse que o sentimento era de “orgulho, de missão cumprida”, ao concluir a Operação Regresso à Pátria Amada Brasil. Azevedo agradeceu a todos que participaram do acolhimento ao grupo de repatriados.

A liberação foi feita após a confirmação de que os repatriados não estão infectados pelo novo coronavírus. Na última sexta-feira, 21, foi feita a terceira e última coleta de material no Brasil para exame específico para o novo coronavírus e, a análise do Laboratório Central do Estado de Goiás mostrou resultados negativos. Cada um dos repatriados recebeu uma declaração do Ministério da Saúde informando o estado de saúde livre da doença pelo novo coronavírus (Covid-19).

*Com informações da Agência Brasil 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes