Thiago Porto dos Santos é devoto de Nossa Senhora Aparecida (foto: divulgação)

História de Thiago Porto dos Santos – Mestre de obras

Há 10 anos residindo em Vale Verde, Thiago Porto dos Santos, 34 anos, natural de Mariana Pimentel, acredita que veio parar no município por interferência de Nossa Senhora Aparecida, da qual é devoto. Ele conta que, em 2010, recebeu um convite para trabalhar em uma obra e, logo em seguida, foi designado pela Prefeitura para construir um galpão na gruta junto à imagem de Nossa Senhora Aparecida, no Cerro do Chileno.

“Teve uma época que iniciei contatos diários com a santa e comecei a ter respostas de várias coisas, entre elas, tive a certeza que ela fez os caminhos se abrirem para eu chegar em Vale Verde, me apaixonar por esta terra e querer viver aqui, onde conheci minha esposa e tenho um filho com ela, além das duas filhas que eu já tinha de um casamento anterior”, destaca Santos.

Todos os anos, ele vai visitar a ‘santinha’, principalmente em 12 de outubro, quando muitas pessoas fazem, no local, um encontro com a fé, a esperança e a união. “Conheço várias pessoas que pagam promessas por graças alcançadas, o que só reforça minha crença no poder da fé e do que o universo tem a nos oferecer”, diz.

Santos conta que a Gruta Nossa Senhora Aparecida e a área onde ela está localizada, de aproximadamente 10 mil metros quadrados, foi doada pelo casal Ari Pasinato (já falecido) e Irene Pasinato que, há muitos anos, conseguiram curar o filho de um câncer. “Na época, eles fizeram a promessa que se o filho se salvasse, eles colocariam a imagem de Nossa Senhora Aparecida numa gruta dentro da propriedade, o que se transformou num ponto turístico de fé com o passar dos anos”.

Santos afirma que se sente completo residindo, trabalhando e vivendo em Vale Verde. “Eu esperei muito por este momento, para dizer publicamente, obrigado, Nossa Senhora Aparecida, e obrigado a todos os vale-verdenses, pois vocês são minha nova família e, por isso, estou sempre feliz e motivado, para fazer o meu melhor em prol desta comunidade e deste local sagrado”, finaliza.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome