Pelo menos 52 reses apreendidas pela Brigada são fruto de abigeatos

-

A Brigada Militar continua tentando identificar a procedência dos 101 animais que foram apreendidos durante uma megaoperação realizada na quarta e quinta-feira, 7 e 8, no interior de Vale Verde. Inicialmente eram 170 animais recolhidos administrativamente, mas 69 pertenciam aos donos dos campos onde os animais foram localizados, restando 101 apreendidos. Destes, 37 há a comprovação de que são fruto de abigeato. A busca agora é para tentar identificar de onde estes animais foram furtados. Outros 15 terneiros, apreendidos anteriormente, já foram devolvidos ao proprietário. No total, a Brigada recolheu 116 animais administrativamente, sendo que 52 foram apreendidos na esfera criminal.

Este trabalho de combate ao crime de abigeato foi impulsionado depois da apreensão de 15 terneiros, realizada na noite do dia 29 de março, no interior de Passo do Sobrado. Uma das suspeitas é que aqueles animais, que foram furtados na localidade de Albardão, interior de Rio Pardo – e apreendidos dentro de um caminhão, com placas de Venâncio Aires -, teriam o mesmo destino das cabeças de gado apreendidas na quarta e quinta-feira. Provavelmente seriam misturados ao rebanho já existente, dificultando a sua identificação”, explicou o tenente-coronel Giovane Paim Moresco.

Na quarta-feira pela manhã, um grande aparato policial, acompanhado por fiscais da inspetoria veterinária, foi até a localidade de Rincão dos Esquecidos, interior de Vale Verde. Depois de algumas buscas, os animais começaram a ser localizados e apreendidos. Para o comando do 23º Batalhão de Polícia Militar, há uma lista de suspeitos que estão por trás dos abigeatos e de dar destino aos animais furtados.

Dois deles são os indivíduos que ocupavam o caminhão apreendido no interior de Passo do Sobrado, que transportava 15 terneiros. Eles desembarcaram ao verem a viatura da BM e um deles deu tiros contra a guarnição. “Mas os dois estão identificados”, revelou a capitão Michele da Silva Vargas. Um segundo veículo, uma Saveiro branca, que seguia como ‘batedor’ do caminhão, teve as placas anotadas.

Identificação

Para tentar encontrar os proprietários do animais, a BM divulgou a lista com as características dos 15 primeiros apreendidos no Rincão dos Esquecidos. Todas as reses estão em uma propriedade particular, com um fiel depositário.
Trata-se de uma fêmea vermelha escura, de raça comum; cinco terneiros vermelhos, dois terneiros branco fumaça e sete terneiros vermelhos ‘cara branca’.

O tenente-coronel Moresco ressalta que as ações de combate ao abigeato são um dos pilares da Brigada Militar.

“O combate ao crime de abigeato é um trabalho diário e incessante.”

MICHELE DA SILVA VARGAS
Cap., comandante da 3ª Cia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes