China quer mais tabaco de qualidade

Maiores clientes do tabaco brasileiro, que é o de maior qualidade no mercado, os chineses ampliam sua relação comercial com o Brasil neste setor também. Para atender um mercado gigante, e em crescimento na China, cuja economia cresce de forma acelerada para se tornar a maior potencia econômica do planeta, os industriais chineses do tabaco buscam atender uma camada de consumidores de maior poder aquisitivo, que cresce rapidamente, oferecendo cigarros com fumos de mais alta qualidade.

Ai é que entra o interesse cada vez maior pelo tabaco brasileiro, que hoje tem 87% do seu volume produzido destinado para exportação. E como disse o Ministro da Agricultura Mendes Ribeiro Filho, quando esteve na abertura da Fenachim e recebeu o apelo do prefeito Airton Artus para que empunhe com força a bandeira em defesa da importância econômica e social do tabaco, se o Brasil não plantar este tabaco para abastecer o mercado mundial, outros países querem produzir, gerando renda, empregos e tributos que somam bilhões de dólares.

Destaques