(Foto: Alvaro Pegoraro/Folha do Mate)

Os funcionários do Hospital São Sebastião Mártir (HSSM) decidiram esperar mais uns dias para receber o restante dos salários de setembro (até agora foi depositada a metade do valor). Em assembleia realizada nesta quarta-feira, 9, foi determinado que o ‘prazo de tolerância’ dos trabalhadores vai até o dia 17 de outubro, na quinta-feira da próxima semana.

A iniciativa de colocar a direção da instituição ‘contra a parede’ foi, de acordo com o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Santa Cruz do Sul e Região (Sindisaúde), pela falta de retorno para com a categoria. “Queremos que haja uma melhor comunicação, porque ultimamente estamos sabendo tudo pela imprensa”, cobrou o presidente do sindicato, José Carlos Haas.

Cerca de 40 funcionários participaram da reunião de hoje e também acordaram que, no dia 17, será realizada nova assembleia, às 17h30min, na Associação dos Funcionários do HSSM. Se até lá não entrar dinheiro na conta, é grande a possibilidade de uma manifestação mais forte. “É uma situação que está exposta para toda a comunidade. Vai ter protesto, porque isso já era para ter acontecido mais vezes. Não podemos deixar o barco ir tão longe.”

Ainda conforme Haas, muitos trabalhadores entendem que o hospital passa por dificuldades financeiras, mas que o recebido até agora “mal dá para pagar uma ou duas contas.” O presidente do Sindisaúde destacou que, até o momento, não houve indicativo de uma data exata para o depósito dos 50% que faltam da folha de setembro. “Nos dizem que pode acontecer nos próximos dias.”

SEM PRAZO

No fim da tarde, a reportagem conversou com o presidente do HSSM, Luciano Spies. Em tom de lamento, ele não escondeu o desânimo pelas dificuldades enfrentadas com a questão salarial. “Infelizmente não posso passar uma data de quando o pagamento ocorrerá. Isso seria irresponsável, porque vamos prometer e daqui a pouco isso não se cumpre. Não tem como eu dar uma previsão, porque não sabemos quando os recursos irão entrar.”

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome