A cada estação, as tendências de moda são repaginadas para trazer uma proposta diferente às produções (Fotos: Divulgação)
A cada estação, as tendências de moda são repaginadas para trazer uma proposta diferente às produções (Fotos: Divulgação)

A cada estação, as tendências de moda são repaginadas para trazer uma proposta diferente às produções. Para se adequar às restrições de distanciamento social, por conta do coronavírus, as pessoas estão passando a maior parte do tempo em casa ou trocando o trabalho formal para o home office. Isso reflete diretamente no modo de vestir e nas inspirações de moda das novas coleções.

De acordo com a designer de moda Luana Sehn, looks confortáveis, quentinhos e estilo home office ganharam força nesta estação. Segundo ela, as tendências partem de um momento, movimento ou comportamento social. Por isso, em decorrência da pandemia e das mudanças de comportamento, o inverno chega com uma pegada um tanto diferente. Para não errar na hora da compra, Luana cita quatro ‘trends’ e looks que são inspiração neste inverno.

Tricô

Além de aquecer, o tricô possui um significado muito forte no consumo da sociedade. Com um cunho artesanal, ele passa de geração em geração. Afinal, quem nunca usou uma peça feita pela mãe ou avó? E mesmo depois de muitos anos, ele continua com força total. “Hoje temos, além da peça artesanal, a malharia retilínea e em várias versões”, destaca Luana.
Eleito como o queridinho do inverno 2020, ele chega com uma proposta mais ‘cool’, modelos com babados, mangas bufantes, coloridos, geométricos, amplos, com gola/ sem gola das mais diversas modelagens. Segundo a designer de moda, na versão masculina, linhas geométricas e suéteres se destacam nas composições.

Tricô são peças atemporais. (Foto: Divulgação)
Tricô são peças atemporais. (Foto: Divulgação)
Listras e figuras geométricas são tendências da estação. (Foto: Divulgação)
Listras e figuras geométricas são tendências da estação. (Foto: Divulgação)

Para garantir um look mais despojado, vale compor com calça jeans, acessórios e tênis. Para um ar mais sofisticado e moderno, pode ser usado com com saias e botas. Para eles, a sobreposição é uma escolha arrojada.

Tie dye

Quem diria que iriamos rever essa tendência tão brevemente, não é mesmo? Como toda tendência que vai e volta, ele voltou, porém repaginado. O tie dye surgiu na década de 1970, sendo muito utilizado pelo movimento hippie, na qual consistia em técnicas de tingimento colorido nos tecidos.

Looks com tecidos tingidos são estilosos e descolados. (Foto: Divulgação)
Looks com tecidos tingidos são estilosos e descolados. (Foto: Divulgação)
O tie dye desta estação marca principalmente em candy colors, em moletons, conjuntos e camisetas. (Foto: Divulgação)
O tie dye desta estação marca principalmente em candy colors, em moletons, conjuntos e camisetas. (Foto: Divulgação)

Mas, além de peças coloridas, o tie dye reflete um movimento de paz e amor e de cunho social em relação às diferenças, seja de gênero ou liberdade de ser e vestir. Com isso, o nosso ano segue marcado por voz e empatia e essa tendência chega fortalecida. O tie dye desta estação marca principalmente em candy colors, em moletons, conjuntos e camisetas.

Conjuntos confortáveis

Devido ao cenário atual e muitos profissionais se adaptarem ao home office, o conforto virou mais do que nunca a palavra de ordem. Conjuntos de moletons saíram já há algum tempo da pegada esporte e agora mais do que nunca vieram pra agregar nos looks.

Durante a quarentena, a dica é investir em looks confortáveis. (Foto: Divulgação)
Durante a quarentena, a dica é investir em looks confortáveis. (Foto: Divulgação)
Além de manter o estilo, os conjuntos são versáteis. (Foto: Divulgação)
Além de manter o estilo, os conjuntos são versáteis. (Foto: Divulgação)

Padronagens geométricas como listras e combinações de cores se destacam bem como os monocromáticos, podendo ser utilizadas de várias maneiras de acordo com cada estilo.

Peças atemporais

A tendência atemporal já se tornou um hábito de consumo para quem não quer arriscar em modismos. Peças atemporais são aquelas peças essenciais que não saem de moda com tanta facilidade. São clássicas e se tornam indispensáveis, seja tanto para reuniões ou para look formais quanto para composições mais descoladas.

A cada estação, as tendências de moda são repaginadas para trazer uma proposta diferente às produções (Fotos: Divulgação)
Peças de modelagens retas, assim como, os blazers e casacos de lâ batida, nunca saem de moda. (Foto: Divulgação)
A cada estação, as tendências de moda são repaginadas para trazer uma proposta diferente às produções (Fotos: Divulgação)
As peças atemporais geralmente surgem em tons neutros. (Foto: Divulgação)

Em cores e estampas neutras como o fundo xadrez, o uso de peças com cortes retos, como blazers, casacos de lã batida, calças retas e cardigãs são tendências do inverno 2020 e de muitos outros invernos à frente. Peças de cortes retos, como blazers, casacos de lã batida e cardigãs podem ser usados com tênis, botas, sapatos e saltos. Nestas composições, vale apostar nos acessórios

Confira quais são as dicas da designer de moda Luana Sehn para este outono/inverno 2020.

LEIA MAIS: Aromaterapia: uma terapia natural que contribui para o equilíbrio e bem-estar

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome