Saúde domina debate

A saúde foi o tema dominante do primeiro debate realizado em parceria entre Folha do Mate e Terra FM, na quinta-feira, 8, com a participação dos candidatos à Prefeitura de Venâncio Aires, Giovane Wickert (PSB) e Jarbas da Rosa (PDT). E vai ser assim até o fim da campanha e dia do voto nas urnas, no dia 15 de novembro, pois Giovane e Jarbas não serão ingênuos ao ponto de ignorar o que mostrou a pesquisa encomendada pela Folha do Mate ao Instituto Methodus, que mostrou que 52% do eleitorado quer prioridade para a saúde, mais do que todas as outras opções citadas somadas: emprego (17,5%), educação (15,8%), segurança (10,5%), transporte (2,5%), limpeza pública (1,5%) e não sabe (0,3%).

PAUTAS QUE SE REPETEM

Fora a saúde e tantos outros temas de destaque do debate eleitoral, há algumas pautas que se repetem sempre que os candidatos se encontram. Giovane Wickert (PSB), sempre que pode, lembra que recebeu a Prefeitura, em 2017, com dívida de cerca de R$ 5 milhões. Ele também mantém viva a lembrança de que a Unimed dos servidores estava atrasada e que teve que fazer as rescisões dos cargos em comissão (CCs) do ex-prefeito Airton Artus (PDT). Jarbas da Rosa (PDT), por sua vez, não esquece da falta de medicamentos. É uma das suas maiores cobranças desde que iniciou a campanha eleitoral. Ele tem batido com força nesse ponto, sempre destacando que, muitas vezes, a falta de itens na Farmácia Municipal ocorre por falta de planejamento da Administração. Isso não acontecerá se for prefeito, assegura o pedetista.

COISAS DE CAMPANHA

Toda campanha eleitoral tem suas particularidades e episódios inusitados. A que vivemos neste momento, em Venâncio Aires, já está deixando uma marca. Apoiadores de Giovane Wickert (PSB) e Celso Krämer (PTB) se cumprimentam de uma forma, já os simpatizantes de Jarbas da Rosa (PDT) e Izaura Landim (MDB) têm outra maneira de saudação. Giovane e Celso se apropriaram do ‘soquinho’ para os cumprimentos, aproveitando o período de pandemia. Jarbas e Izaura evitam o gesto e adotaram o ‘cotovelacinho’. São coisas de campanha.

20ª MORTE POR COVID

Vivemos o novo normal, mas a Covid ainda é uma realidade. A pandemia está em desaceleração, mas na sexta-feira, 9, fez a 20ª vítima em Venâncio Aires. Triste notícia.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome